Postado em 25 de janeiro, 2012 | Por Luruk

3

[CRÍTICA] “Precisamos falar sobre o Kevin” pra mim foi tempo perdido!

Bom, eu vou explicar por que o filme “Precisamos Falar Sobre o Kevin” (We Need to Talk About Kevin, 2011), pra mim foi tempo perdido. O filme é chato, lento de mais, tem cenas enormes sem nenhum significado, tem MUITAS pausas dramáticas onde os atores ficam imóveis e você acha que o filme travou. Enfim, o filme é uma adaptação do livro homônimo de Lionel Shriver.

Não li o livro mais acredito que seja mil vezes melhor que o filme, a história é boa, já é um pouco batida na verdade, mas a forma como eles abordaram mostrando deste o nascimento de Kevin, que ele tinha realmente problemas, apesar de não explicarem quais cientificamente falando eram eles.

A protagonista e mãe de Kevim, Eva (Tilda Swinton, que fez o anjo Gabriel em Constantine) sofre desde o nascimento de seu filho que trava uma batalha com a mãe desde cedo, desde pirraças a agressões físicas. A relação é assustadora, mas a interpretação de Tilda deixa muito a desejar ou então ela estava interpretando uma mulher sofrida que não demonstra um pingo de seus sentimentos. O revoltado Kevin quando ainda pequeno realmente dá um show e passa pra gente o que realmente é um menino pestinha e mal criado. Já o revoltado Kevin adolescente é aquela coisa, né? Dá pra deixar passar, mas sem muita ênfase.

Como eu falei o filme é chato, mas você assiste até o final pra saber como aquela mãe sofrida, ficou dão devastada e o que o revoltado Kevin aprontou para ter ido parar na cadeia e quando o final chega você fica com aquela sensação de “por que diabos não mostraram a cena direito”? O filme nem empolga pra ver os atores gatos, nas cenas em que eles ficam calados e parados, por que eles são horríveis. Pra quem gosta desse tipo de filme de arte, assista, eu de fato não gostei.

Tags: , , , , ,


Sobre o Autor

Criadora do Espalha Fato. Viciada em séries como The Good Wife e Will and Grace, além de milhares atuais. Fã dos anos 80, suas músicas e clássicos do cinema. Fotografa, blogueira e desenhista por paixão. Web Design por formação.



3 Responses to [CRÍTICA] “Precisamos falar sobre o Kevin” pra mim foi tempo perdido!

  1. Mizuhara says:

    Como assim filme chato? Você assistiu mesmo o filme? É uma das melhores produções dos últimos anos.

  2. Priscila says:

    Pra mim foi tempo perdido,

    Aquilo lá era falta de laço.

    Ou camisa de força.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top ↑