Postado em 19 de julho, 2013 | Por Luruk

0

Comic Con 2013 | Saiba tudo sobre a despedida de Dexter

Nesta quinta-feira rolou na Comic Con 2013, o painel de despedida de Dexter que acabará em sua oitava temporada. O clima foi emotivo desde o início e o painel começou com um vídeo do elenco agradecendo a plateia por todo apoio durante os oito anos de série e em seguida outro vídeo mostrando os melhores momentos, praticamente uma seleção com a grande maioria das mortes de Dexter. O ator John Lithgow (que fez o Trinity na série) foi o único que não pode comparecer e gravou um vídeo dizendo que até hoje o chamam de psicotapa nas ruas por causa de Dexter e brincou: “Obrigado por isso, Comic Con”.

O último episódio foi rodado na semana passada, nós já vimos as imagens e vamos postar mais tarde pra vocês. No painel foram lançados os boxes com as oito temporadas da série. O primeiro é em formado da cabeça que Dexter usava para testar os padrões de sangue, que contém apenas a oitava temporada e o segundo contendo a série completa em formato da caixa que Dexter guardava os slides com amostras de sangue, serão lançados dia 0 de novembro nos EUA. E nós nem precisamos comentar o quão sensacional é isso!!!

A atriz Yvonne Strahovski, que interpreta Hannah McKay, ficou fazendo charminho dizendo que não poderia comentar nada sobre o que ainda vai acontecer em Dexter… Mas acabou soltando:  “Eu não sei quando eu volto nem como volto, não sei qual será a minha vingança… quer dizer, qual será a minha motivação. Pode ser vingança ou amor, quem sabe”. Provavelmente será os dois!

Michael C. Hall (Dexter) foi o primeiro a responder perguntas e falou sua preparação para o personagem. Afirmou que não tem nenhum ritual para entrar no personagem, mas que para sair de Dexter ele precisa de uma ajudinha. Ele falou que a roupa de matar é a melhor forma de entrar no personagem e para sair ele faz exercícios. “Depois de certo ponto [o personagem] vira sua segunda natureza, então a questão mesmo é saber como sair dela”, comentou.

O nosso querido Sargento Angel Batista, vivido pelo ator David Zayas comentou que para relaxar, as vezes eles pegam um pé cortado e jogam futebol americano com ele.

Já para Jennifer Carpenter, a confusa Deb as coisas são mais pesadas:  “Algumas cenas são como assistir a acidentes de trânsito! Eu sou um fio desencapado até a hora de dizer corta, então só começo a me recuperar já no caminho para casa. Eu queria e ainda quero que Deb morra, eu quero que ela desça ao fundo do abismo onde estão os segredos dela e que ela fique lá, ao invés de eu carregar esse peso”.

Colleton falou sobre as mortes de Dexter, dizendo que os roteiristas gostariam de uma outra alternativa: “Achamos emocional mesmo ter que decidir que um personagem vai morrer. Sempre discutimos se Dexter pode passar por uma experiência de aprendizado sem ter que necessariamente matar algum desses personagens, e no fim percebíamos que não havia alternativa, tinha que ser daquele jeito mesmo”, disse.

A atriz Julie Benz comentou que já morreu em outras séries e que já está até acostumada, mas em Dexter foi mais complicado e ela precisou passar por um período de luto primeiro, para poder se recompor: “Foi tão abrupto que eu não estava preparada, e isso me impactou”.

Erik King (Sgt. Doakes) comentou que já sabia que ia morrer desde o início da temporada, também sendo um pé no saco como ele foi, claro que acabaria picadinho.

E Desmond Harrington (detetive Joey) comentou que também achava que ia morrer, mas estava lá até agora para sua surpresa. Bem provável que o amor por Deb, o tenha salvado até agora.

Michal comentou que é fã de Hulk e que se sente o Hulk da TV e comentou o que pensa sobre seu personagem:  “Eu jurei que não faria mais nenhuma série, depois de todo o drama de A Sete Palmos, mas aprendi a nunca dizer nunca. Eu me sinto sortudo de poder participar desta era de séries de TV em que atores podem desenvolver seus personagens e aprofundá-los no decorrer de alguns anos”. E terminou dizendo que irá levar dois objetos da série, o crachá de Dexter e o relógio de pulso, pois se acostumou a usá-lo todos os dias.

E assim terminou o painel, todos emocionados e com saudade do nosso serial killer preferido.

Veja os vídeos do painel:

 

Tags: , , , , , ,


Sobre o Autor

Criadora do Espalha Fato. Viciada em séries como The Good Wife e Will and Grace, além de milhares atuais. Fã dos anos 80, suas músicas e clássicos do cinema. Fotografa, blogueira e desenhista por paixão. Web Design por formação.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top ↑