Postado em 20 de julho, 2013 | Por Luruk

0

Comic Con | Veja como foi o ÉPICO painel do filme The Amazing Spider-Man 2

O painel do filme The Amazing Spider-Man 2, na Comic Con aconteceu nesta sexta-feira e podemos dizer que foi ÉPICO! Simplesmente, quando o moderador começou a anunciar os convidados, quem compareceu foi o Homem-Aranha, que veio escalando os prédios de San Diego, desceu até o Centro de Convenções onde estava acontecendo o painel, acabou barrado por um segurança, deu um ninja nele e entrou correndo pelo Hall H para juntar-se ao elenco no palco. Quão fantástico foi isso? Andrew Garfield não apareceu, apenas seu personagem com suas piadinhas e tiradas clássicas e não tinha como não amar!

Se você pensa que as surpresas param por ai, está enganado! Emma Stone não pode comparecer ao evento, então gravou um vídeo onde se desculpava pela ausência, quando a tela fica estática e de repente aparece o Electro!!! O grande vilão desta sequência! O vídeo apresentado você confere aqui em baixo! Em seguida Jamie Foxx entrou no palco! E claro que o Homem-Aranha tinha que vim com suas piadas e comentou: “Cara, eu adorei você em Django Livre” e Foxx respondeu “Eu adoro o jeito que você vai morrer nesse filme”. E dai ficou claro, que os dois tem uma química ótima e já quero muito assistir The Amazing Spider-Man 2.

As perguntas começaram e o moderador pergunta para o Homem-Aranha, como é a vida de super herói e ele respondeu: “Tudo no começo é muito bom, mas com o tempo acabei me irritando com o balanço das teias. Certa vez eu estava no alto de um prédio entediado e comecei a desejar que ali tivesse wi-fi. É mais ou menos assim.”

Em seguida o assunto foi o novo vilão, Electro! Foxx respondeu: “É extremamente gratificante interpretar um vilão, eu não precisei seguir tudo a risca.” E continuou dizendo que ele estava em um aniversário de três anos, quando recebeu o convite da Sony, para participar do filme e que foi sensacional. Ele conta um pouco sobre a vida de Max, que mais tarde se transformará em Electro. Ele é um cara que teve uma vida difícil, ninguém o conhecia, nem mesmo sua mãe lembrava a data de seu aniversário. Ele comentou ainda que quis que seu papel fosse fiel aos quadrinhos e ao mesmo tempo um visionário em sua versão.

Neste ponto foi exibido um vídeo-trailer, que serviu para mostrar um pouco do que vem por ai. Os produtores alertaram que o vídeo ainda não está finalizado, por que as gravações ainda não acabaram e mostrou o seguinte: Tudo começa com o Homem-Aranha curtindo essa vida de super herói, pulando de prédio em prédio, quando ele começa a perseguir Paul Giamatti como Aleksei Sytsevich, o Rhino. Ainda sem poderes, nem nada. Apenas um cara que rouba alguma coisa e acaba perseguido pelo Aranha. Foi tarefa fácil, conseguir derrotá-lo e ele ainda tirou onda, arrancando suas calças e deixando o ladrão só de cueca.

Nova York vai a loucura e ama o Homem-Aranha, enquanto ele mantém a cidade salva. O cara que acaba sendo salvo é Max, um cara que teve uma vida difícil e é um gênio da eletricidade. O Aranha camarada o trata bem e o chama pelo nome e ele questiona: “Como você sabe meu nome?”, o Aranha responde: “Está em seu crachá”. Ele continua: “Eu não sou ninguém, ninguém sabe meu nome”. O Aranha então passa o dedo na língua de Max e ajeita seu cabelo.

E quando tudo parece lindo e Max ainda idolatra nosso herói, claro, que algo tem que dar errado! Max trabalha na Oscorp e acaba sofrendo um terrível acidente na empresa. Uma tubulação acaba explodindo e ele termina em um tanque com enguias elétricas. Tudo vira rapidamente raios azuis e Max acaba sobrevivendo. Só que ele acaba desnorteado e sai pelas ruas escondendo seu rosto. A raiva pelo Aranha, não mostra exatamente como começará, o que mostra é um ódio sem tamanho pelos que não o enxergavam antes e isso só aumenta. Em contra tempo mostra Peter tento problemas do cotidiano, tentando justificar para tia May, por que todas as suas roupas ficam manchadas de vermelho e azul depois de lavadas e ele responde que lavou sua bandeira dos Estados Unidos. Quem lava uma bandeira?

Também vimos pela primeira vez a aparição de Chris Cooper como Norman Osborn, um cara debilitado, na cama, que realmente tem pouco tempo de vida. Ele conversa com o filho Norman. O Instituto Ravencroft também aparece rapidamente, além de vermos que Norman já nutre um ódio contra o Homem-Aranha.

O trailer termina com Max assumindo sua nova personalidade: Electro! E uma briga violenta aparece nas ruas de Nova York, até que ele começa a destruir a Times Square e então aparece na tela:  The Amazing Spider-Man 2!

O trailer acaba e Andrew Garfield está sentado a mesa no lugar do Aranha, se desculpando pelo atraso. As perguntas do público são abertas e Andrew teve uma consideração incrível acalmando os fãs mais nervosos, antes de perguntarem. Em uma pergunta Dane DeHaan contou que seu personagem Harry Osbon e Peter foram amigos na infância e agora ele tenta reatar a amizade.

Um fã mais revoltadinho perguntou sobre o excesso de vilões neste filme e que ele não queria ver um “Homem-Aranha 3”. Webb respondeu que ele se acalmasse que o vilão principal deste filme era o Electro, que os outros terão apenas participações para alinhar a franquia.

A pergunta final foi para o Andrew: Qual era o maior desejo dele como Homem-Aranha. Ele respondeu simplesmente com: “Eu gostaria de vê-lo com Os Vingadores. Eu acho que não deveria dizer isso, né?” E BLOFT, ele falou. Nós também amigo.

Tags: , , , , ,


Sobre o Autor

Criadora do Espalha Fato. Viciada em séries como The Good Wife e Will and Grace, além de milhares atuais. Fã dos anos 80, suas músicas e clássicos do cinema. Fotografa, blogueira e desenhista por paixão. Web Design por formação.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top ↑