Postado em 2 de setembro, 2010 | Por Luruk

4

PSOL ganha o direito de mostrar beijo gay na TV

PSOL ganha o direito de mostrar beijo gay na TV

O PSOL ganhou o direito de exibir beijo gay no seu horário eleitoral gratuito. O candidato ao governo de São Paulo pelo PSOL, Paulo Bufalo alegou que o beijo não é uma apelação e retrata sim a diversidade existente na nossa sociedade, essa é uma das muitas causas que o partido defende.

“O PSOL defende a livre orientação sexual e a união civil entre pessoas do mesmo sexo, ao mesmo tempo em que combate toda forma de preconceito, inclusive a homofobia, seja no imaginário da sociedade, na legislação ou nas políticas públicas”, diz a legenda.

Veja o programa:

Tags: , , ,


Sobre o Autor

Criadora do Espalha Fato. Viciada em séries como The Good Wife e Will and Grace, além de milhares atuais. Fã dos anos 80, suas músicas e clássicos do cinema. Fotografa, blogueira e desenhista por paixão. Web Design por formação.



4 Responses to PSOL ganha o direito de mostrar beijo gay na TV

  1. carlos says:

    eu acho isso uma vergonha com tantas coisa que o povo precisa e o psol se preocupando com beijos gays cada um sabe oque e melhor pra si faz um melhor proposta pro povo o povo brasileiro não é mas o mesmo de 20 30 40 anos atras o povo agora é mas inteligente se cuida psol

    • Savio says:

      Acredito que a liberdade de expressão tem que estar presente em tudo, inclusive na política. Não podemos ignorar a causa gay que está cada dia mais presente no nosso cotidiano, o PSOL teve coragem de botar isso no ar e com certeza vai ganhar muitos votos pela atitude.

  2. Luruk says:

    Vergonha é uma pessoa como você, que tem a mente do tamanho de um caroço de feijão e não se preocupa com os problemas que os gays passam! São seres humanos como você, querido e sofrem!

    Palmas pro PSOL, teve a coragem e a ousadia que os outros partidos não tiveram!

  3. Nada contra as preferências sexual, mas o apelo está estampado na campanha do PSOL, não que não deva transmitir e acho que o efeito é louvavel desde que os apelos não prejudiquem ninguém.

    http://www.imprensabrasileira.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top ↑