Um a um do Real Madrid contra o Getafe: comentários e avaliações

Eeu Real Madrid Deram ao Valência uma vantagem de 2-0 e depois deram uma segunda parte muito válida para igualar o marcador. Um empate que poderia ter sido uma vitória. A equipe de Ancelotti Ele reagiu em grande estilo e puxou seu orgulho e todos os seus poder no ataque. E naquela ofensiva que os levou ao empate por 2 a 0 houve dois jogadores que se destacaram dos demais: Viníciuscom seus dois gols, e Brahim, com mais uma entrada elétrica no jogo que deu ao time mais duas marchas quando mais precisou. O 21 branco está cada vez mais conquistando terreno de uma Rodrygo que mal resiste ao momento de forma do companheiro, que clama por uma vaga no onze de gala.

A LUA. Duas chegadas do Valência na primeira parte e dois golos em que pouco ou nada puderam fazer.

NOTA EM DESCANSO: 5

Assim que o jogo recomeçou, uma defesa a um remate à queima-roupa de Diego López salvou o Madrid e evitou a vantagem de 3-1. Uma parada que adquiriu mais valor após o resultado final da partida.

NOTA FINAL: 8

Um a um do Real Madrid contra o Valencia: Brahim clama por uma vaga no onze de Rodrygo

CARVAJAL. Erro grave no lançamento da bola que custou o 2-0 ao Madrid. A falha no passe para trás deixou Yaremchuk sozinho contra Lunin, a quem driblou para marcar o segundo gol do Valência. O lateral ‘corrigiu’ o erro na única chegada do primeiro tempo, dando assistência para o 2 a 1 de Vinicius.

NOTA EM DESCANSO: 5

Recuperou-se com a experiência e hierarquia que tem do erro do primeiro tempo e protagonizou um segundo tempo muito sólido, participando do empurrão branco em busca da reviravolta.

NOTA FINAL: 6

Um a um do Real Madrid contra o Valencia: Brahim clama por uma vaga no onze de Rodrygo

RÜDIGER. Ele não participou da desconexão que o Madrid sofreu e manteve a defesa no primeiro tempo.

NOTA EM DESCANSO: 6

Transmitindo segurança em todos os momentos, tanto nos contra-ataques do Valencia como no jogo aéreo. Boa atuação do alemão para garantir a equipe enquanto trabalha na recuperação.

NOTA FINAL: 7

Um a um do Real Madrid contra o Valencia: Brahim clama por uma vaga no onze de Rodrygo

TCHOUAMÉNI. Assim que o jogo começou recebeu uma entrada muito dura de Yaremchuk, que custou o cartão amarelo ao avançado do Valência. Boa ajuda defensiva e também na saída de bola.

NOTA EM DESCANSO: 5

Esteve ao nível de Rüdiger na hora de dar segurança à equipa e também contribuiu para a saída de bola. Bom desempenho numa posição em que vai crescendo aos poucos.

NOTA FINAL: 6

Um a um do Real Madrid contra o Valencia: Brahim clama por uma vaga no onze de Rodrygo

MENDY. No seu trabalho de equilibrar o Madrid na defesa.

NOTA EM DESCANSO: 5

Com o Real Madrid a precisar de golos, a sua função defensiva era dispensável, principalmente tendo na sua posição um jogador com perfil ofensivo como Fran García, que o substituiu.

NOTA FINAL: 5

Um a um do Real Madrid contra o Valencia: Brahim clama por uma vaga no onze de Rodrygo

CAMAVINGA. Ele teve boa chance após cabecear bola perdida na área. Envolvido na pressão para varrer o lado esquerdo. No ataque ele não estava tendo muito destaque.

NOTA EM DESCANSO: 5

Continuou a dar o impulso que o seu físico lhe dá na segunda parte para travar o Valência, mas no ataque não estava a terminar bem. Ancelotti o retirou de campo para a última corrida do jogo.

NOTA FINAL. 6

Um a um do Real Madrid contra o Valencia: Brahim clama por uma vaga no onze de Rodrygo

VALVERDE. Aparecendo em toda a zona central para liderar a pressão e alimentar com sua energia o trabalho defensivo da equipe. Um erro numa mudança de jogo na saída da bola desencadeou a acção do primeiro golo do Valência.

NOTA EM DESCANSO: 5

O Real Madrid perdeu um papel maior do uruguaio no seu ataque ofensivo. Ele nunca negocia com energia e esforço, mas não teve aquele ponto de frescor e inspiração no ataque.

NOTA FINAL: 5

Um a um do Real Madrid contra o Valencia: Brahim clama por uma vaga no onze de Rodrygo

KROOS. Atuando como pivô, escoltado por Valverde e Camavinga como interiores, e com a presença de Tchouaméni atrás como ‘falso’ zagueiro. Ele ditou o ritmo do jogo até que os dois gols do Valencia desestabilizaram o time.

NOTA EM DESCANSO: 5

Pouco pôde fazer no segundo tempo porque logo deixou o jogo para dar lugar a Modric. Ancelotti optou pela vertigem em busca da recuperação e dispensou o alemão.

NOTA FINAL: 5

Um a um do Real Madrid contra o Valencia: Brahim clama por uma vaga no onze de Rodrygo

BELLINGHAM. Sem a clarividência e o sucesso habituais na sua especialidade: a chegada à área. Primeiro, Mosquera leu bem um drible dentro da área que o deixaria sozinho contra Mamardashvili. Em seguida, nova ação dentro da área com vantagem em que não se inspira, se enroscando em dribles sem conseguir passe claro.

NOTA EM DESCANSO: 5

Empataram logo no início do segundo tempo. Corte maravilhoso para Mosquera colidir com Mamarsdashvili na definição. Teve protagonismo nos minutos em que o Real Madrid mais pressionou e foi responsável por colocar muita qualidade em cada chegada. Ele marcou o gol polêmico com uma cabeçada magistral. Um gol que, ao não entrar no placar, o deixou furioso e o levou à expulsão no final da partida por protesto.

NOTA FINAL: 7

Um a um do Real Madrid contra o Valencia: Brahim clama por uma vaga no onze de Rodrygo

RODRYGO. Sparks voou em seu duelo com Gayá. Caindo e aparecendo em toda a frente de ataque para tentar associar e aguçar as transições ofensivas. Ele passou de mais para menos no jogo até praticamente desaparecer dele.

NOTA EM DESCANSO: 5

Ele desapareceu do jogo após os dois gols do Valencia e o brasileiro não voltou a ser visto após o reinício. Não demorou muito para que Ancelotti o tirasse de campo e tentasse a faísca de Brahim. Mais uma atuação cinzenta do brasileiro que ainda não encontra a melhor versão de si mesmo.

NOTA FINAL: 4

Um a um do Real Madrid contra o Valencia: Brahim clama por uma vaga no onze de Rodrygo

VINÍCIO. Intimidou com algumas ações ofensivas, mas sem muita continuidade. Marcou o golo à beira do intervalo que colocou o Real Madrid em jogo, aproveitando o oportunismo para finalizar à vontade um passe de Carvajal, envenenado após tocar em Javi Guerra.

Bipa toda vez que ele toca na bola. Na primeira bola que tocou, recebeu boa rebatida de Foulquier. Suportando com resignação o clima hostil das arquibancadas, que lhe canta “Que idiota você é, Vinicius, que idiota você é!”, e os ataques de um Foulquier que não para de tentar fazer cócegas nele com marcação no limite dos regulamentos. Passe maravilhoso de fora em profundidade para preparar Bellingham para uma boa chance para o Real Madrid. Um empurrão de Foulquier na entrada da área que não foi convocado por Gil Manzano provocou sua primeira grande raiva e um momento de tensão com Gayá. Foulquier roubou a carteira no primeiro gol do Valência.

NOTA EM DESCANSO: 7

Ele volta a estrelar após o recomeço em uma chegada perigosa do Real Madrid. A bola foi encontrada na área e o chute saiu ao lado. Pouco depois, voltou a usar sua versão ‘matadora’ para ficar muito atento para cabecear uma grande assistência de Brahim quase na mesma linha do gol para empatar o placar em dois. Dobrar para igualar uma partida muito difícil. Jogou com personalidade e grande ambição ofensiva. Ele sempre carregou perigo.

NOTA FINAL: 9

Um a um do Real Madrid contra o Valencia: Brahim clama por uma vaga no onze de Rodrygo

BRAHIM. Ele entra no lugar de Rodrygo aos 62 minutos. Ele está encurralando Rodrygo jogo a jogo e clamando pela vaga do brasileiro entre os onze titulares. Sua entrada deu mais duas marchas ao time e foi decisiva no empate. Ele ajudou Vinicius a fazer o 2 a 2 e Bellingham no polêmico gol. Momento espetacular da forma. Ele está com a seta para cima.

NOTA FINAL: 9

Um a um do Real Madrid contra o Valencia: Brahim clama por uma vaga no onze de Rodrygo

MODRIC: Ele entra no lugar de Kroos aos 62 minutos. Ele ajudou a equipe a encontrar brechas para prejudicar o Valência.

NOTA FINAL: 6

Um a um do Real Madrid contra o Valencia: Brahim clama por uma vaga no onze de Rodrygo

FRANCÊS GARCIA. Ele sai para substituir Mendy aos 70 minutos. Um pouco apressado e excessivamente revolucionário em suas ações.

NOTA FINAL: 5

Um a um do Real Madrid contra o Valencia: Brahim clama por uma vaga no onze de Rodrygo

JOSELU. Ele entra pela Camavinga aos 70 minutos. Ele entrou na área para intimidar com seu poder aéreo.

NOTA FINAL: 6

Um a um do Real Madrid contra o Valencia: Brahim clama por uma vaga no onze de Rodrygo

NACHO. Ele entra aos 86 minutos para Valverde.

NOTA FINAL: Sem nota.

Um a um do Real Madrid contra o Valencia: Brahim clama por uma vaga no onze de Rodrygo

ANCELOTTI. O time jogou com autoridade nos primeiros minutos de jogo. Não gerou chegadas claras, mas controlou o jogo e quase não deu ao Valência opções para chegar às proximidades de Lunin. No entanto, uma série de erros individuais (Valverde, Vinicius, Carvajal…) estragaram o jogo do Real Madrid, o que levou Vinicius a vencer por 2-1 à beira do intervalo.

NOTA EM DESCANSO: 6

Ele fez a equipe reagir. As mudanças deram ao time mais um passo em sua operação de retorno. A cada mudança o Madrid sentia-se mais perto da vitória que tinha nas mãos.

NOTA FINAL: 8



Fuente