E Montse se vingou...

Gentre San Mamés É uma tarefa complicada. Deixe-os contar ao Barça, que sofreu quatro gols na última visita. Neste domingo ele não fez um jogo ruim. Ele nunca perdeu prestígio e teve algumas chances de marcar. Mas não foi suficiente. Neste momento da vida não basta apenas competir. A equipa do Barça falhou tanto nos meses anteriores que um empate em Bilbao não vale nada neste momento.

Ele teve uma boa chance de diminuir a diferença após o empate Real Madrid em Valência. Bem não. Uma equipa que quer ganhar a Liga tem que fazer mais. Apenas dois remates à baliza são muito pouco equipamento para derrotar os leões. O Barça já começa a hastear a bandeira branca. Não só porque não aproveitou a oportunidade que teve neste dia, mas porque também perdeu dois jogadores tão importantes como Pedri e De Jong para os próximos jogos. Ganhar a Liga parecia uma utopia há muito tempo e só uma recuperação impecável poderia recuperar a distância com o Real Madrid. O empate com o Granada e este em Bilbao distanciam mais uma vez o Barça da Liga. E parece que definitivamente.

Mais dois feridos

A questão das lesões do Barça é um capítulo à parte. Quando parecia que a enfermaria ficaria vazia para o jogo do Nápoles (com exceção de Gavi e Balde que são de longa data), San Mamés voltou a ser desastroso para os blaugranas. Se na partida da Copa foi Balde quem se lesionou e sua temporada estava terminando, neste domingo foram De Jong e Pedri. Duas lesões que parecem muito graves e que quase certamente os impedirão de disputar o importante jogo da Liga dos Campeões contra o Nápoles.

Mais um grande jogo de Cubarsí

Todas as piscinas colocadas Inigo Martinez como titular na partida de San Mamés. O basco regressava ao seu campo o que poderia ser uma motivação extra, como disse Xavi na antevisão. No entanto, O treinador optou por Cubarsí. Uma boa escolha porque esse garoto não encolhe nem num campo com tanta pressão como o do Atlético. Ele foi excelente, no corte e na saída da bola. Sua aparição é uma das melhores notícias para o Barcelona nesta temporada.

Um chute de 40 metros de Cancelo

A peça começou com as chuteiras de Gundogan que lançou um passe profundo e preciso para Fermín. O seu remate foi rejeitado por Unai Simón já fora da área. A bola chegou João Cancelo que de quase 40 metros procurava um remate direto à baliza. Foi um toque de grande classe que teve que ser desferido com muita dificuldade entre o goleiro e Yeray. Teria sido o gol do dia.

Dois jogos seguidos sem sofrer golos

O Barcelona não ficava há dois jogos consecutivos sem sofrer golos desde o dia 4 de outubro. Ou seja, há quatro meses. Barcelona venceu 1-0 frente ao Sevilha e poucos dias depois fê-lo no campo do Porto na Liga dos Campeões pelo mesmo resultado. Desde então, a equipa do Barça só conseguiu cinco jogos sem sofrer golos.



Fuente