Spyro rezando a oração da mãe, a oração da mãe transformou a grandeza

Cantor popular, Espião afirma o poder de uma mãe que ora ao contar como sua mãe oração o transformou, apesar de ser alguém que estava ‘longe da grandeza’ quando criança.

Ele acessou sua página do Instagram para apreciar seu mãe enquanto ele contava como ela via o bem e a grandeza dele quando outros não.

Spyro e mãe. Fonte da foto: Instagram.

Spyro se lembrou de como ela o visitava em seu internato e começou a chorar porque viu algo nele que os outros não viram.

Ele observou que sua mãe continuou orando por ele até que sua grande chance chegou em 2023.

O músico exortou as pessoas a nunca subestimarem o poder de uma mãe que ora.

Suas palavras:

“Quando eu era criança, estava longe da grandeza… Eu era o estranho, mais parecido com a pedra rejeitada, era um anulado. Lembro-me de minha mãe ter vindo me visitar no internato um dia e ela começou a chorar depois de ver a bagunça que eu estava, MAS em tudo isso ela me ligava e dizia “Eu sei que você é ótimo, Deus me disse e muitos profetas confirmaram isso e se Deus disse isso, ACONTECERÁ”

Eu cresci e as coisas ficaram muito difíceis, mas ela nunca parou de me dizer “SANMI, OGO E MA TAN KARI AYE” e ela olhava para mim e dizia “exceto que não foi DEUS que disse isso” ela se agarrou à profecia constantemente orando, mesmo quando perdi a esperança ela manteve #FAITH e DE REPENTE em 2023 do nada tudo mudou

NUNCA SUBESTIME O PODER DE UMA MÃE QUE ORA e isso me faz pensar se os homens e mulheres da minha geração podem orar como nossos pais fizeram, porque QUEM FICARÁ NA FALTA POR ESTAS NOVAS CRIANÇAS” * os problemas da vida não reconhecem “MÁ CADELA” “GENZ Os problemas da vida de BADDIES” “ZADDY” “BIG BOY” só respondem ao poder

Ó MINHA GERAÇÃO, ACORDE DO SEU SONO Muitos de nós somos carregados pela oração de nossos pais, o que levará nossos próprios filhos?

“E desde os dias de João Batista até agora o reino dos céus sofre violência e violência”

Veja postagem:IMG 20240503 151413IMG 20240503 151413

Fuente