Monólogo de Jake Gyllenhaal 'SNL' estoura em paródia de Boyz II Men para comemorar o final da temporada 49 |  Vídeo

Jake Gyllenhaal teve um monólogo de “Saturday Night Live” de parar o show no final da temporada 49, literalmente começando a cantar com uma paródia de Boyz II Men de “Fim da estrada.”

“Chegamos ao fim da estrada, é o último episódio. É hora de dizer adeus, temporada 49 – você fará 50 anos em breve”, cantou o ator ao lado dos companheiros de banda improvisados ​​​​Kenan Thompson, Ego Nwodim, Punkie Johnson e Devon Walker.

Riffing sobre o single de 1993 da Motown Records, vencedor do Grammy, o destaque da parte veio com a ponte apaixonada de Gyllenhaal, onde ele listou todos os apresentadores que Lorne Michaels pediu para ser o apresentador do final da temporada 49 antes dele.

“Perguntaram ao Pedro Pascal mas ele não estava. Zendaya disse que não porque ela estava sem tempo. Até pedi a Gosling para voltar, acabei de apresentar três shows atrás! Gyllenhaal, capitalizando seu talento como cantor anteriormente indicado ao Tony Award, cinturou-se.

Isso aconteceu logo depois que o anfitrião disse entusiasmado: “Nós pertencemos um ao outro e você sabe que estou certo. Eu amei você desde o início, durante toda a temporada 49.”

Em seguida, a palavra falada antes da ponte emocional: “Você sabe que na verdade fui a primeira escolha para apresentar o final, depois que muitas pessoas disseram não. Acho que todos estão esperando pelo 50º, mas eu não. Não o pequeno JG, fui eu quem disse sim.

Gyllenhaal abriu o monólogo da 49ª temporada do “SNL” brincando que “49 é como 69, mas mais fácil” e que na verdade marca “o número de vezes que Conor McGregor me deu um soco durante ‘Road House’”.

“As pessoas me perguntaram como é trabalhar com Conor”, ​​disse o ator sobre o infame lutador do UFC que virou co-ator no remake do Amazon Studios. “Eu sempre digo ‘que ótimo’ porque tenho medo que ele esteja por perto.”

Assista ao monólogo completo de Gyllenhaal “Saturday Night Live” no vídeo acima.



Fuente