Google corta 100 empregos em sua unidade de nuvem: relatório

O Google disse que o Brasil será o primeiro país a testar um recurso anti-roubo para telefones Android.

São Paulo:

O Google, da Alphabet, disse na terça-feira que o Brasil será o primeiro país a testar um recurso antifurto para telefones Android que usa inteligência artificial (IA) para identificar quando um telefone foi roubado e bloquear a tela do dispositivo.

Três tipos de fechadura estarão disponíveis na fase inicial de testes. Em um deles, o Google usará a IA que criou para ajudar a detectar sinais de “movimento comum associado a roubo” e bloquear a tela.

O segundo recurso permite que um usuário bloqueie a tela do dispositivo remotamente, digitando o número do telefone e completando um desafio de segurança em outro dispositivo. O último modo envolve o bloqueio automático da tela caso o aparelho fique sem acesso à internet por longos períodos.

Os recursos estarão disponíveis para usuários brasileiros de celulares Android versão 10 ou superior a partir de julho, segundo a empresa. Eles serão liberados para usuários de outros países gradualmente este ano, disse o Google.

O roubo de telefones é um problema crescente no Brasil. O número de celulares roubados na maior economia da América Latina cresceu 16,6% em 2022 em relação ao ano anterior, para quase 1 milhão, segundo dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2023.

O governo brasileiro lançou em dezembro um aplicativo chamado Celular Seguro, que permite aos usuários denunciar um telefone roubado e bloquear o acesso a ele usando outro dispositivo pertencente a uma pessoa de confiança.

Até o mês passado, cerca de 2 milhões de pessoas estavam cadastradas no aplicativo em todo o país, enquanto 50 mil telefones foram bloqueados, segundo o Ministério da Justiça.

(Exceto a manchete, esta história não foi editada pela equipe da NDTV e é publicada a partir de um feed distribuído.)

Fuente