Postado em 27 de junho, 2012 | Por Luruk

0

American Horror Story | Em entrevista Jessica Lange fala sobre seu próximo personagem

A atriz Jessica Lange, que deu vida a ranzinza vizinha da primeira temporada de American Horror Story, deu uma entrevista ao TVLine e falou um pouco sobre Constance seu primeiro personagem e sobre o que podemos esperar da segunda temporada da série, segue a entrevista traduzida:

“Não é nenhum segredo – Constance não era a melhor das vizinhas em American Horror Story, mas certamente ela manteve o enredo interessante! Lange oferece uma visão diferente sobre o caráter destorcido de Constance e seu novo trabalho na segunda temporada.

TVLINE: Será que você concorda que Constance é uma pessoa desprezível?

Jessica Lange: Certamente você pode olhar para suas ações e dizer que ela era terrível. No entanto, no entendimento dela eu tinha que encontrar sua humanidade, e eu fiz isso através de sua emoção e sua capacidade de amar. O fato de ter sido assim destorcido em muitas maneiras, saiu das circunstâncias, e não da essência da personalidade. O que eu meio que gostava nela é que ela não mediu palavras. Às vezes, como quando você a ouve falando com sua filha ou em uma cena com o filho, como uma mãe [eu mesma] Eu era como, ‘Oh meu Deus! “Mas, novamente, havia algo muito agradável de interpretar; sobre alguém que estava sem limitações ou regras.

TVLINE: Certamente ela vem se destacando cada vez mais por conta das suas atitudes.

Jessica Lange: Eu achava que ela era uma espécie de retrocesso para um outro tempo, pré-politicamente correto, quando as pessoas diziam coisas que passaram a ser vistas como chocante. Como algumas das damas dos filmes nos anos 30; duro e áspero de fala, mas honesto e franco. Sim, tivemos cenas em que o que ela fez foi reprovável e criminoso, mas havia elementos nela que eu achei muito refrescante.

 TVLINE: Com a próxima temporada de American Horror Story, você tem a rara oportunidade de criar um novo personagem. Como a administradora do asilo de loucos difere de Constance?

Jessica Lange: É um momento diferente [1960], em primeiro lugar, e ela vem de um contexto completamente diferente. Há também a geografia diferente a ser definido na Costa Leste. Assim, sem se afastar em demasiado, eu acho que há semelhanças – ambas têm uma história, e eu não sou inteiramente estelar! [Risos] – mas isso é provavelmente o lugar onde os caminhos divergem. Ela é muito diferente do que eu interpretei. Vai ser mais uma “viagem turbulenta”!”

Tags: , , , , , ,


Sobre o Autor

Criadora do Espalha Fato. Viciada em séries como The Good Wife e Will and Grace, além de milhares atuais. Fã dos anos 80, suas músicas e clássicos do cinema. Fotografa, blogueira e desenhista por paixão. Web Design por formação.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top ↑