Laura segurando uma chave (D: The Game)

Os jogos de terror retrô estão longe de serem meros espectros do passado. Eles nos trazem uma sensação de jovialidade nostálgica, mas de alguma forma causam arrepios na espinha ao mesmo tempo. Os gráficos e histórias são inesquecíveis, fazendo com que fiquem com você por muito tempo. Sem mencionar que há uma infinidade deles a quem agradecer por abrirem o caminho para muitos jogos clássicos de terror que todos conhecem e amam hoje.

Fonte

10 melhores jogos de terror estilo PS1, classificados

Numa tentativa de nostalgia, alguns jogos de terror visam os gráficos e a apresentação do Playstation 1. Aqui está uma lista dos melhores que usam esse estilo.

É simplesmente incrível como os jogos retro são atemporais. Embora não contenham terror visual realista, sua atmosfera por si só é suficiente para aterrorizar você. Agora, sem mais delongas, aqui estão os melhores jogos de terror retrô para você embarcar em uma aventura arrepiante.

10 Colheitadeira

Metapontuação: 53

O que torna este jogo especial

  • O visual pixelado e sombrio é um reflexo de uma horrível sociedade americana dos anos 1950.
  • Possui uma jogabilidade hiperviolenta que facilmente te pega desprevenido.

Com os sprites da vida real de Harvester que dão uma sensação terrível em seu coração, este jogo é extremamente sangrento – tudo isso acontecendo em uma atmosfera de filme B. Harvester certamente está do lado maduro. Em uma cidade do meio-oeste, um jovem viaja pelo ambiente sombrio da cidade de Harvest, repleto de personagens vulgares e perigosos. Uma organização semelhante a um culto toma conta dele profundamente, trazendo-o para o terrível ponto fraco de sua casa.

A jogabilidade em Harvester oferece a oportunidade de explorar os vários locais em Harvest. Falar com os diferentes personagens lhe dá mais informações sobre os horrores que estão à sua frente, mas interagir com eles é mais do que perturbador. Embora seja um pouco confuso, tornando-o o mais fraco aqui, o visual do Harvester em si grita o terror retrô clássico.

9 D: O Jogo

Metapontuação: N/A

O que torna este jogo especial

  • Apresenta um protagonista importante que se torna relevante ao longo dos jogos dos desenvolvedores.
  • Uma história assustadora onde vampiros canibais atrapalham o desejo de uma mulher de descobrir a história de seu pai.

Para um jogo onde o criador foi fortemente inspirado na Transilvânia da Polarware, este jogo de terror retrô atinge uma quantidade magnífica de marcas inovadoras. D: The Game é uma obra-prima cinematográfica centrada no canibalismo e em uma protagonista feminina explorando um hospital enquanto deseja aprender mais sobre seu pai assassino.

D: The Game impressionou os críticos durante seu lançamento por utilizar o formato de videogame interativo a um novo nível. No entanto, sua dublagem e seu baixo senso de desafio não atraíram o público. No entanto, ao mesmo tempo, com sua mecânica única sem função de salvar ou pausar e terminando após duas horas em tempo real, D: The Game é um jogo retro fantástico para passar horas.

8 Não convidado

Metapontuação: N/A

Jogabilidade de Uninvited

O que torna este jogo especial

  • A base das aventuras em primeira pessoa como as conhecemos hoje.
  • A curva de aprendizado do Uninvited torna-o atraente para entrar.

Uninvited é uma obra-prima especial e única. Além de ser o pioneiro das aventuras em primeira pessoa, Uninvited é um emaranhado do sinistro sobrenatural que se passa em uma mansão vitoriana. Existem mais de cinquenta salas para explorar, com quebra-cabeças atraentes que envolvem você em uma história assustadora.

Fonte

Definitivos DualShockers: 10 melhores jogos de terror Switch

Garantido que você ficará assustado na tela pequena (ou grande).

Este jogo continha uma mecânica inovadora baseada no Windows que girava em torno de um sistema de arrastar e soltar. Além disso, o texto que detalha quase todos os seus movimentos traz uma combinação fascinante de terror interativo e aventura centrada em texto. Alguns momentos mostram um pouco da idade deste jogo. Mas, no final das contas, Uninvited é um reflexo único do que já foi o mundo dos jogos de terror virtuais.

7 Não tenho boca e devo gritar

Metapontuação: N/A

Jogabilidade de I Have No Mouth, And I Must Scream

O que torna este jogo especial

  • Uma história estranha repleta de personagens que deixam você maravilhosamente nervoso.
  • Mantém um tom maduro ao mesmo tempo em que apresenta um visual nostálgico pixelizado.

Baseado no misterioso conto de Harlan Ellison de mesmo nome, I Have No Mouth, And I Must Scream é uma aventura perturbadora de apontar e clicar para sempre. Explorando o lado malicioso da humanidade, os personagens transformam este jogo na obra-prima do mal que ele é. Simplificando, no mundo deste jogo as pessoas são criaturas assustadoramente complexas.

O único problema com I Have No Mouth, And I Must Scream gira em torno de suas dificuldades técnicas e quebra-cabeças estranhos. Juntamente com isso, o ritmo é um pouco mais lento. No final das contas, porém, a natureza grotesca deste jogo se consolida em sua mente. Ele mostra seus piores pesadelos, tudo pelas mãos da humanidade.

6 Eva Parasita

Metapontuação: 81

Aya e Eva de Parasite Eve

O que torna este jogo especial

  • Belos ambientes combinados com uma trilha sonora misteriosa e envolvente.
  • Os elementos de terror de sobrevivência do jogo levaram o combate a fazer com que você pensasse rapidamente.

Há um aspecto especial em Parasite Eve que o torna um RPG de terror tão magistral – não apenas por sua história e jogabilidade inestimáveis ​​e bem ritmadas, mas porque Parasite Eve trouxe de volta uma adoração legítima pelo terror japonês no final dos anos 90. Como sequência de um livro de mesmo nome, há muito mais do que aparenta neste jogo.

Seguindo um policial que anseia por salvar a cidade de Nova York de uma força aparentemente imparável chamada Eve, o jogo faz um excelente trabalho em fazer você sentir o mesmo desejo de derrubar a figura violenta. Parasite Eve quebrou muitas convenções de RPG retrô ao se afastar da jogabilidade de combate típica e do que significa estar no lugar de um protagonista corajoso.

Eva Parasita
Lançado
9 de setembro de 1998
Desenvolvedor(es)
Quadrado

5 Choque do Sistema 2

Metapontuação: 92

Jogador em um corredor escuro com rosto na tela (System Shock 2)

O que torna este jogo especial

  • Acompanhamento digno de uma obra-prima original e assustadora.
  • Jogabilidade viciante repleta de inimigos galácticos futuristas.

É altamente considerado por muitos que System Shock 2 é facilmente um dos melhores jogos de todos os tempos. Além de ser conhecido como o antecessor espiritual de BioShock, esta sequência é extremamente amada por seu incrível senso de aventura cyberpunk e estilo único de terror de sobrevivência. Juntando RPGs de ação e componentes de terror de sobrevivência, a jogabilidade em System Shock 2 certamente irá mantê-lo viciado.

Embora o primeiro System Shock seja, obviamente, uma obra-prima, System Shock 2 é um conto extraordinário que se baseia em seu terror retrô de ficção científica visual para revelar um ambiente arrepiante no qual poucos gostariam de ser pegos.

4 Resident Evil

Metapontuação: 91

Jill Valentine atirando em um inimigo (Resident Evil)

O que torna este jogo especial

  • Trilha sonora sombria acompanhada por um cenário misterioso.
  • Uma sensação infinitamente desamparada ao longo do jogo.

A primeira parcela da série Resident Evil abalou profundamente a comunidade de videogames de terror. Jill Valentine rapidamente se tornou uma das protagonistas femininas de jogos de terror mais icônicas da história, abrindo caminho para mais representação no futuro dos jogos de terror. É claro que ser o início de uma franquia influente de videogame também não é motivo de zombaria.

Todo fã ávido de jogos de terror deveria jogar o primeiro Resident Evil. Foi graças a este jogo que os zumbis voltaram à cultura pop, os jogos futuros seguiram uma direção cinematográfica e tornaram o gênero de terror de sobrevivência mais popular do que nunca. Apesar de terem passado décadas desde o seu lançamento, Resident Evil é uma obra de arte atemporal que se manterá constantemente.

3 Sozinho no escuro

Metapontuação: 72

Jogabilidade de Alone in the Dark

O que torna este jogo especial

  • Mistérios fascinantes em cada esquina.
  • Conto lovecraftiano que mantém você na ponta da cadeira.

Situado na Louisiana da década de 1920, Alone in the Dark detém para sempre o título de ser o primeiro jogo de terror de sobrevivência em 3D. Desafiando-nos a escapar de uma mansão mal-assombrada, a jogabilidade nos desafia a confiar em nossas habilidades de sobrevivência e inteligência na resolução de quebra-cabeças. O combate não é tão importante, exceto quando se trata de ter coragem para matar vários fantasmas e monstros, se tiver coragem.

Fonte

10 jogos para jogar se você gosta de Lovecraft

Procurando os melhores jogos Lovecraftianos do mercado? Estamos protegendo você!

Inspirado nos trabalhos magníficos de HP Lovecraft e Edgar Allan Poe, o primeiro Alone in the Dark apresenta uma experiência única de viajar através de designs de níveis não lineares para investigar um mistério assustador. Há pouca ou nenhuma orientação, deixando você sozinho em uma mansão misteriosa.

Sozinho no escuro
Lançado
1992-00-00
Desenvolvedor(es)
Infogramas

2 Morro silencioso

Metapontuação: 86

Silent-Hill 1 Harry Mason em Dark Alley

O que torna este jogo especial

  • Experiências fora do corpo enquanto você viaja por pesadelos densos e nebulosos.
  • Trazendo consistentemente um sentimento de pavor à medida que você se aprofunda na história.

Silent Hill 2 pode levar a melhor por ser um dos jogos mais amados da franquia, mas o Silent Hill original realmente deu uma olhada no verdadeiro terror que existe na cidade de Silent Hill. Seguindo Harry Mason enquanto ele viaja através de uma névoa cegante e inimigos aterrorizantes enquanto procura por sua filha, a história é apenas o começo perturbador de tudo.

Não há dúvida de que Silent Hill é o rosto do terror retrô impecável. Usando a neblina para combater os limites técnicos do PlayStation 1 da época, este jogo é repleto de criatividade e terror subjacente. Nem tudo é revelado à primeira vista. Em vez disso, você mergulha nas fendas escuras de uma cidade há muito esquecida – mas não desocupada.

1 Doce lar

Metacritc: N/A

Os cinco cineastas de Sweet Home

O que torna este jogo especial

  • A mecânica da morte permanente faz com que você o encoraje a pensar cuidadosamente sobre seu próximo movimento de sobrevivência.
  • Momentos horríveis e sangrentos que assustam você em um mero instante.

Sweet Home não é apenas o melhor videogame de terror retrô por causa de sua maneira arrepiante de mergulhar você em sua história, e não é apenas icônico porque abriu o caminho para o futuro do terror de sobrevivência. Em vez disso, Sweet Home reina como campeão por causa de sua capacidade de penetrar em seu núcleo e aterrorizá-lo – tudo isso com gráficos simples e clássicos.

Em outras palavras, este RPG de terror e exploração no estilo Metroidvania enfatiza a emoção autêntica de quando o medo e a sobrevivência atacam nos momentos mais inesperados. Com cinco personagens jogáveis ​​que são desafiados a escapar de zumbis e fantasmas, além de lindas cenas cinematográficas, a experiência que você enfrentará em Sweet Home o assombrará por muito tempo.

Doce lar
Lançado
15 de dezembro de 1989
Próximo

Definitivos DualShockers: 10 melhores jogos de terror para PS5

Vivendo para os calafrios e emoções? Então não procure mais. Estes são os melhores jogos de terror disponíveis no PS5.

Fuente