eupara prisão de Daniel Alves Ocorreu no escritório do advogado do ex-jogador de futebol. Algumas testemunhas explicaram esta terça-feira que, por se tratar de uma pessoa com tamanha importância, uma série de protocolos foram ativados e a decisão de agir desta forma foi indicada por altos funcionários.

A investigadora da reportagem explicou que entrou em contato com o advogado do brasileiro para se encontrar com o jogador no escritório de advocacia e prendê-lo lá. Posteriormente, ele será levado à delegacia.

“Ele foi informado que a prisão seria realizada no dia 20 de janeiro e foi orientado a comparecer ao escritório do seu advogado para a sua prisão. Foi por ordem dos meus superiores, eu apenas fiz a comunicação”, explicou durante a audiência. essa terça-feira.

Ordem dos superiores

Da mesma forma, o agente encarregado de prender o ex-jogador insistiu nesta medida. “A forma de proceder foi decisão dos superiores”, afirmou.

Los Mossos d’Esquadra eles prenderam Alves no escritório de seu advogado Barcelona há mais de um ano. O brasileiro viajou de Méxiconaquele momento eu defendi a camisa Pumas, depois de ser denunciado por suposta agressão sexual. Os fatos que estão sendo julgados nestes três dias.



Fuente