Jogadores do Betis comemoram gol

Eesta quinta-feira foi apresentado na sala de imprensa do Coliseu Ilaix Moriba. O médio guineense desembarcou após a passagem pela Taça de África e Estará sob o comando de José Bordalás assim que superar o desconforto com que regressou do torneio. O meio-campista analisou sua situação pessoal e mostrou sua ambição por fazer grandes coisas nestes meses de competição.

Chegada: “Não tenho jogado na Alemanha, tive a Taça de África com o meu país, conhecendo o treinador, ele disse-me que queria que eu fosse, não queria ouvir mais ofertas sem tentar nada, nós todos sabem que preciso jogar, preciso recuperar os minutos e mostrar “Em Valência conseguimos fazer um grande ano, eu sei disso.”

Bordalás: “Alguém a quem tenho que agradecer, apesar do meu momento ruim, soube tirar o melhor de mim, soube me motivar e me fazer confiar novamente em mim mesmo, tive momentos de perda de confiança em mim mesmo. Acho que vamos conseguir novamente, é “Um dos melhores treinadores que tive, se não o melhor. Venho dar tudo por ele e pela diretoria, eles fizeram de tudo para eu estar aqui. Eu estou feliz.”

O que você acha do time e dos torcedores?: “Quando você não está aqui, as pessoas não falam muito bem do Getafe, mas desde que cheguei aqui vi que é uma grande família. Venho de uma equipe humilde e quero ir mais longe. É uma motivação, o povo do Getafe, nós mesmos, sabendo da responsabilidade que temos e pensando grande.”

Jogadores do Betis comemoram gol

Marido: “Quando jogo não presto muita atenção aos torcedores. Agora no domingo vou prestar mais atenção e terei a oportunidade de responder novamente”

Ferida: “Venho com um pouco de desconforto, tive que sair da Copa de África por problemas, estou trabalhando, aos poucos poderei estar lá quando ele disser”.

Ilaix do Barça: “Não se está muito bem ontem nem muito mal hoje. Cometi erros e a vida é isso, aprender com o que se fez. Tenho um amor tremendo pelo clube da minha vida. Cometi erros, estou no um momento que quero que as pessoas vejam o jogador que viram, estou ansioso para começar a jogar aqui, para que todos comecem a me respeitar como fizeram. Uma decisão foi tomada, correta ou não, e estou feliz por estar aqui e quero mostrar que continuo o mesmo”.

Ronald Koeman dando instruções a Ilaix Moriba

Ronald Koeman dando instruções a Ilaix Moriba

Jogue no domingo: “Estou trabalhando para voltar agora, sou o primeiro que quer jogar, mas temos que fazer com cabeça, sem forçar, falta o segundo round inteiro, é melhor levar com calma, mas sem pausa. estou aqui para dar o meu melhor e ajudar a equipe.”

Getafe: “Foi o que eu disse, não queria ouvir mais coisas porque Bordalás o conhece, sei o que ele pede, posso dar-lhe, quero começar a desfrutar do futebol todas as semanas e nem tudo o que se diz é ruim de mim. Só se fala de coisas de fora, as pessoas não me conhecem. Aconteceram coisas, nunca falei, mas acho que não tenho que dar explicações, só quero ser como qualquer criança quem começa a jogar, gosta de futebol porque é o que adoro, o que “ajuda a mim e à minha família. É o mais importante, o que as outras pessoas falam me magoa e me afeta, mas tenho sabido manter a calma, é a melhor coisa que fiz. Prefiro estar focado no meu futebol”.

O que Bordalás pede: “Conheço Bordalás, quando cheguei ao Valência não o conhecia. Chegamos à final da Taça, o futebol mudou, é preciso estar preparado fisicamente. É o que quase todos os treinadores e adeptos pedem: vencer e molhou a bola. A camisa. Ele não pede nada de outro mundo. Hoje em dia não sabemos o que significa jogar bem futebol, o que importa é vencer.”

José Bordalás aplaude os seus jogadores

José Bordalás aplaude os seus jogadores

Copa da África: “Tem sido uma experiência bonita, fizemos história, chegámos aos quartos-de-final, foi uma Taça de África muito bonita. Que vença o melhor, são duas grandes nações, ambas merecem, que vença o melhor”.

Conhecido: “A competição é boa para o grupo melhorar cada um. Conheci o Alderete, o Mason, que não o conhece, a La Liga tem muita sorte de tê-lo, temos que cuidar dele. . O objetivo é o que é”.

Surpreso no vestiário?: “Só tive um treino. Sou fã da Liga, assisto todos os jogos, Borja teve um ano incrível, merece ir para a Seleção, Mason, Luis Milla, há jogadores de futebol muito bons, temos que acreditar que somos bons e ir em busca de mais”.



Fuente